quarta-feira, 4 de junho de 2008

Sukkar Banat


Entornei salada de frutas nas calças; fiz aquelas figuras de perguntar ao funcionário da Fnac onde - ondeeee! - estava o DVD, com ele mesmo à frente dos olhos; ultrapassei o olhar condescendente do rapaz que me passou a caixa para as mãos; bloqueei aquelas máquinas maravilhosas de pagamento self service a tentar usar o multibanco... mas o Caramel é meu. E logo à noite (muito à noite, prevê-se que só lá para a uma da manhã), a Nadine Labaki e o seu Sukkar Banat não me escapam.

4 comentários:

Anónimo disse...

e vais ficar tão gulosa! :)

Raq

osátiro disse...

Às vezes as coisas correm mal.
Ou parece que não param de correr mal.

>> nim disse...

já está em dvd? ando mesmo muito fora.

fico então a aguardar a crítica juliettesca.

beijinho

misskitsch disse...

Também aguardo a crítica.