segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Hoje não estou grande coisa

Depois de perceber que não vou poder comprar as cadeiras que tanto queria, que vou ter de me sentar para sempre nos bancos pretos e duros que nem sequer são meus, que me esqueci do livro que estou a ler na secretária logo quando me estava a apetecer ler um capítulo, que gosto mesmo de cães mas não vou voltar a ter um tão cedo, que ainda me faltam escrever mil textos para acabar um trabalho que nunca mais acaba, que nenhum cão é a minha cadela por mais fofinho e divertido que seja, que os rapazes são giros, raios, e eu consigo escolher sempre os complicados, e que agora chove na minha cozinha, perdi cinco euros. Foi coisa aí de uns cinco minutos e ainda estou para perceber como é que uma nota consegue desaparecer com tanta rapidez de um bolso mais apertado do que uma touca da natação. E pensar que me levantei hoje mais cedo e tudo, para ter um dia tão espectacular. Mais valia porem-me a nuvenzinha de chuva em cima da cabeça de uma vez e pronto, eu já sabia.

4 comentários:

S* disse...

Eh pah, isso de perder dinheiro é que é mesmo mesmo chato...

O Ramalhete disse...

escreves os textos enquanto te esqueces que perdeste os cinco euros.

Carla Isabel disse...

Ok...Vais poder comprar as cadeiras. é so uma questão de tempo...hoje já podes levar o livro para casa e ler dois capitulos...vais ter uma cão ainda mais divertido do que a tua cadela...pensa nisso!
Hoje vais achar que afinal os cinco euros nem te fziam assim tanta falta e que alguém que precisava muito os encntrou no chão e, esses cinco euros fizeram a felicidade de alguém...hoje ao acordar mentaliza que vais ter um dia 5*...e vais mesmo...

beijo

Tamborim Zim disse...

Aproveitando a maré de sorte, pq n tentar o euromilhões??