quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Ainda bem que eu não era má de todo a matemática

Entre pagar a prestação da casa, o seguro de vida, o seguro de saúde, o crédito da cozinha, as facturas da EPAL, do Meo, do gás e da electricidade, completamente sozinha, vou ter que fazer muitas continhas nos tempos que se avizinham. Estou a pensar até ir rever as regras de trignometria que dei no 9º ano e que nunca percebi, a ver se ajuda. Vale tudo.

5 comentários:

Carla Isabel disse...

Nem me fales...

Eve disse...

Por muito que deteste matemática, há que reconhecer o seus valor nas nossas vidas. Futuramente, sambem terei de andar de voltas das contas, todos teremos!
Beijinho

Espiral disse...

Boa sorte *

Ainda por cima em coisas que é impossível cortar (eu tlv cortasse a MEO, mas eu não ligo a televisão, saco tudo da net em termos de series; no máximo ia sentir falta da sic notícias)

Anónimo disse...

Sofro do mesmo mal........

ladybug disse...

Estou contigo!! Nas contas todas, à excepção da MEO, eu tenho ZON.