quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Ter um cão


Ter um cão é acordar com uma lambidela nos pés.
É não poder comer batatas fritas, castanhas assadas ou bolos de qualquer espécie sem ter um focinho em cima dos joelhos.
É ser recebido com uma festa enorme sempre que se entra em casa.
É acordar todos os dias mais cedo para ir à rua e isso não ser um frete.
É apanhar os cócós com um saco.
É ter uma sombra de quatro patas que anda atrás de nós para todo o lado, nem que seja do quarto para a sala e da sala para a casa de banho.
É falar de uma forma infantil e fazer-lhes perguntas como se fossem pessoas.
É ser cumprimentado com uma festa enorme quando se acorda, todos os dias.
É fazer corridas e figuras parvas à porta de casa, com 25 anos.
É ralhar-lhes quando fazem merda.
É limpar a merda que fazem.
É coçar-lhes as costas e a barriga.
É ter o coração do tamanho de uma ervilha quando têm algum problema.

Tenho o coração do tamanho de uma ervilha.

20 comentários:

Rita Carapau Sardinha Frita disse...

ohhh... Como eu te compreendo! Mas vais ver que vai passar! :)

apipocamaisdoce disse...

Festinha na Boo, que é um bicho simpático! Já te disse que ela vai voltar a pular num instantinho, qual mula histérica! Beijo e abracinho!

Ana disse...

Olá :) Encontrei o teu blog há pouco tempo e gosto muito.
Também tenho um animal de estimação e, por isso, entendo perfeitamente o que estás a passar! Espero que tudo corra bem.
Beijinhos

Sara disse...

Ainda a semana passada a minha cadelinha teve uma inflamação numa maminha. Claro que não foi nada de especial e que lhe passou com analgésicos e algum gelo... Mas mesmo assim andei a dormir mal alguns dias e estou na fase de a encher de (ainda mais!) mimos.
Compreendo-te perfeitamente e espero que não seja nada grave.

Força!

Noc@s disse...

Como te compreendo :-( Também fico assim, é mesmo como descreves com o coração do tamanho de uma ervilha, quando o meu canito tem qualquer coisa, mesmo que afinal não passe de um susto.
Espero que não seja nada e que passe rápido.
Jinhos

Bravo disse...

Dá uma festinha de melhoras à Boogie(?) por mim. Beijo especial para ti... vai correr tudo bem*

misskitsch disse...

É acordar com uma bola de ténis húmida na boca.
É rezar para que o veterinário não lhe encontre nada mais do que cataratas.
É engolir o que se come só para não ver aquele ar desesperado.
É encostar o nariz àquelas orelhas e cheirar.

Parabéns.
Ele é tãooo giro!

misskitsch disse...

P.s. Eles são tao mais resistentes do que aquilo que achamos!
Vai tudo correr bem, claro que sim.

akapink disse...

É evacuar a sala (às vezes) quando largam aqueles cheirinhos que põe toda a malta a fugir :p ou no carro.. e depois ficam com aquele olhar de palermas sem perceberem nada :O)
É pedir com muito carinho ao dono de um restaurante se ele pode ficar debaxo da mesa pois porta-se muito bem. E ficar orgulhosa dele, porque está deitado aos pés e nem aí nem uí, durante toda a refeição, e o senhor do restaurante vir confirmar se realmente ele está lá debaixo LOL "porta-se mesmo bem!" ;)
É descobrir que temos imensa saudades deles (da minha sombra branca (o meu cão é braquinho)) quando vamos de férias e têm de ficar na casa de alguém (que temos confiança) mas que apesar de tudo não somos nós, e sabemos por isso que vão sentir a nossa falta e nós a deles (e MUITO)

NOTA: Já encontrei hoteis e pousadas em Portugal que deixam levar os canitos e gatos mas ainda é complicado..

akapink disse...

Ah e vai tudo correr bem ;)
pensamento positivo :)

Maria Nunes disse...

Sei perfeitamente o que sentes... Ficam aqui os meus muitos mimos para o cãozito, que por sinal tem um ar extremamente simpático e, tarda nada, andará a correr e a fazer porcaria da grossa para tu arranjares:)
Energias positivas para esse lado!
Beijinho

P.S. Obrigada por passares no Pregas:)

Irina disse...

Eu tenho 29 anos e ainda faço corridas e figuras parvas à porta de casa. Pensando bem, faço figura de parva sempre que os meus canitos estão por perto.

Que tudo corra bem à Boo. Os animais são mais fortes que pensamos. Já passei por aflições com os meus mas eles deram sempre a volta por cima.

Felicidades às duas!

Amet disse...

As melhoras. Se precisares de ajuda, diz algo. Tenho uma veterinária homeopata óptima.

Lux Lisbon disse...

Compreendo! O amor a um cão pode ter a mesma intensidade que o amor a uma pessoa!
beijo

SMS disse...

O que tem ela? O que se passa? Ooooh. Vai correr tudo bem. Beijo grande.

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Nunca tive animais (alergias la em casa) :((((

Beijo meu,

A Elite

Carochinha disse...

Ai, estive fora um tempo e agora também já estou com o coração do tamanho de uma ervilha contigo =(. O que se passa com a nossa menina linda?

@me@@@ disse...

é tudo verdade verdadinha...

Maria Inês disse...

espero que corra tudo bem!

Cuquita disse...

Eu não tenho cão, mas tenho uma gata e sempre que ela fica doente tb fico assim, com o coração do tamanho de uma ervilha!