quarta-feira, 14 de novembro de 2012

E voltando à história do jantar

Eu sei que deixei muita gente em suspenso com a história do "correu tão bem, que horror". Mas não é, prometo, uma táctica para ter mais visitas ou mais leitores à espera das cenas dos próprios capítulos. Eu própria estou assim, a ter de deixar passar o tempo e ver o que é que faço com isto, à distância. Só me falta começar a escrever cartas com uma pena, como no século XIX e nos romances do Camilo Castelo Branco.

6 comentários:

Anónimo disse...

Apareceu alguém quando estavas a planear ir para bem longe de tudo? Escolhe com o coração, sempre. :)

Vespinha disse...

Acho que já te comecei a perceber... :)

Mafaldinha disse...

Lolol, tem calma e tudo corre bem .. bjinho

rm disse...

Na altura certa tenho a certeza que saberás o que fazer :)

mjoaob disse...

Um dia quando menos esperamos a vida volta a endireitar se. ;)

Cris disse...

Já passou quase um mês! E novidades para os teus fiéis leitores?