terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Do que eu preciso é de um empurrão para me fazer à estrada

Depois de quase um mês a ir de casa para o trabalho e do trabalho para casa sempre a pé (uma hora de caminho todos os dias), hoje perguntaram-me finalmente se estou a fazer dieta. Confesso que já quase sonho com os solavancos do autocarro e que tenho saudades da rapidez do metro, mas as minhas pernas começam lentamente a perder o seu ar de gelatina Gelly Ja e por uma vez na vida parece quase possível estabelecer o objectivo de estar uma Lara Stone na altura da praia (ou pelo menos não correr o risco de ser confundida com uma morsa à beira-mar). Além de que comprei uma pulseira maravilhosa com o dinheiro que poupei do passe, o que também é sempre uma bonita motivação para enfrentar as colinas desta cidade.

7 comentários:

Rita* disse...

1 hora de caminhada para o trabalho?? Admiro a força de vontade! E ainda bem que está a dar resultado :)

www.princesadaselvaurbana.blogspot.com

J disse...

Também me devia meter nessas coisas do exercício físico regular, mas isto da motivação tem muito que se lhe diga.

Origami disse...

Então, estás de Parabéns. É um óptimo exemplo. Devíamos todos andar mais a pé e deixar o carro em casa sempre que possível. É só vantagens :)

chinfrim disse...

Tu seres confundida com uma morsa parece-me... improvável! Da última vez que olhei as morsas não tinham um sorriso como o teu... Mas acho uma iniciativa excelente, força nessas canetas, keep it up *

Drª taberneira disse...

Fico contente! Significa que talvez também haja esperança para a celulite que vive nas minhas pernas! :D

Maria Pitufa disse...

Então Parabéns!! E que continues com essa coragem e motivada!! Sim 1h para o trabalho não é para qualquer um... vou me tentar inspirar em ti!!

juliette disse...

Uma hora no total, meia-hora para um lado e meia-hora para o outro. Mas já não é mau. :)